sábado, 16 de janeiro de 2016

Felicidade na vida

Sobre perdas e felicidade...

A vida é repleta de acontecimentos, alguns tristes, alguns alegres...A felicidade é um bicho complexo e exigente... o que a história de um agricultor que perdeu sua vaquinha, único sustento de sua família pode ensinar sobre a felicidade?

Fonte da imagem: Google
A sabedoria oriental conta que certa vez, um mestre talvez indiano, chinês ou japonês, muito sábio, e seu discípulo, fazendo uma viagem, chegou a uma pequena terra onde morava um agricultor e sua família.



Fonte da imagem: Google

Passando por lá, a família, muito atenciosa, convidou o mestre e o discípulo para comer, tomar banho e dormir em sua casa. Era uma casa muito modesta e a família dividiu com os visitantes o pouco que tinha.

Depois do jantar, conversando com a família, o mestre e seu discípulo ficaram sabendo que a família passava por muitos anos de dificuldades e a única coisa da qual eles viviam era uma vaquinha que lhes dava leite, que eles bebiam e vendiam para comprar algumas coisas. O mestre perguntou se eles plantavam, se tinham outros animais, mas, o dono da casa disse que não, que tudo o que eles precisavam era da vaquinha.

Fonte da imagem: Google
No dia seguinte, bem cedo, o mestre e o discípulo se despediram da família e foram embora. Saindo da terrinha o mestre ordenou ao discípulo que voltasse e jogasse a vaquinha do precipício. O discípulo estranhou a ordem do mestre e argumentou que não tinha coragem, que a vaquinha era o único sustendo daquela família. O mestre foi irredutível, mas o discípulo insistiu: "mas mestre... porque fazer isso?". O mestre sem explicações ordenou novamente. O discípulo obedeceu contra vontade, mas ficou sem entender as estranhas razões do mestre, que era um homem muito sábio. 

Anos se passaram e um dia o mestre e o discípulo voltaram àquela região. Ao visitar aquela terrinha eles se surpreenderam, agora havia uma grande fazenda no lugar da pobre casa e tinha muitos animais e vastas plantações. Além da surpresa, o discípulo ficou preocupado com o que tinha acontecido com a família após a perda da vaquinha e foi logo visitar a casa grande junto com o mestre para saber.

O fazendeiro, um homem feliz e bem vestido, os recebeu e para a surpresa deles, aquele homem era o antigo dono da terrinha, o agricultor dono da vaquinha. Interessados em saber o que tinha acontecido com a família desde sua última visita, o mestre e o discípulo passaram a ouvir a história do fazendeiro. 

Fonte da imagem: Google
O fazendeiro os contou que algo terrível acontecera com a vaquinha e ela, por acidente, tinha caído no precipício e sem essa única fonte de sustendo ele e sua família tiveram que plantar, colher, plantar mais e comprar animais e com isso venderam de tudo um pouco e foi ganhando dinheiro até aumentar as terras e construir a fazenda. Depois da perda da vaquinha eles melhoraram de vida e se tornaram muito ricos.

Ao irem embora da fazenda, o discípulo perguntou ao mestre como era possível aquela família ter prosperado tanto após terem perdido o único sustento e indagou o motivo do mestre ter pedido para jogar a vaquinha no precipício. O mestre explicou que quando estamos muito acomodados só a perda do que nos dá estabilidade pode nos dar força, fé e coragem para mudarmos e transformarmos nossa vida.

Assim, nosso emprego, alguma amizade, um ente querido é a nossa vaquinha e nos faz ficarmos acomodados e até mal acostumados, porque parece que precisamos de muito pouco e parece que essa pessoa ou situação ficará em nossa vida para sempre. Por isso, muitas vezes perdemos o emprego, uma amizade, um ente querido para nos permitir ir para outro estágio, outra fase da nossa vida. 

Uma grande perda como a morte de alguém querido, pode nos inspirar para fazer uma reflexão sobre o que levamos dessa vida. As únicas coisas que levamos dessa vida são as nossas experiências, o que vai contar é se fomos felizes ou não.

A felicidade é o sentimento de que a vida é boa e que vale à pena. A felicidade é um bicho complexo e exigente. Ela é uma construção e não surge por sorte para alguns abençoados. A felicidade é uma escolha pessoal que deve ser feita todos os dias independente de dificuldades. A felicidade é uma percepção individual na qual cada um é que sabe se é feliz ou não e o que faz feliz. A felicidade é um presente e como tal só pode ser vivida agora, pois, passado está na memória e futuro é uma possibilidade, só o que existe é o hoje. A felicidade é uma possibilidade para todos, mas, só a vive quem quer e quem tem coragem. A felicidade só é possível quando aceitamos as coisas como são e passamos a construí-la a partir do que já temos e somos.

Sejamos felizes agora, porque é o que levamos dessa vida. Que saibamos transformas para melhor nossa vida quando perdermos nossas vaquinhas ao longo da nossa vida, assim como o agricultor e sua família.


Ouça o podcast em que falo desse assunto clicando no botão abaixo. 



Abraço, Julini.

Julini Araujo Santos - Palestrante e Coach de felicidade

Psicóloga - UFBA  (CRP 03/06705) Whatsapp - Palestras
Sanitarista e Especialista em Saúde da Família pelo Programa de Residência Hólon/EBMSP/SESAB 
Especialista em Saúde Coletiva pelo Instituto de Saúde Coletiva - UFBA
Gestalt-terapêuta pelo Instituto de Gestalt-terapia da Bahia - IGTBa


Abraço, Julini.


Julini Araujo Santos - Palestrante e Coach de felicidade

Psicóloga - UFBA  (CRP 03/06705) Whatsapp - Palestras
Sanitarista e Especialista em Saúde da Família pelo Programa de Residência Hólon/EBMSP/SESAB 
Especialista em Saúde Coletiva pelo Instituto de Saúde Coletiva - UFBA
Gestalt-terapêuta pelo Instituto de Gestalt-terapia da Bahia - IGTBa

*** Nos acompanhe nas redes sociais ***


            

5 comentários:

  1. Muito bom seu texto e nos convida á reflexão !

    ResponderExcluir
  2. The King Casino: The New King & The World of Gaming
    The 1등 사이트 King Casino is the septcasino new place where the real 바카라 사이트 money gambling is legal in Florida and Pennsylvania. jancasino.com We love the new casino. We've got some great https://jancasino.com/review/merit-casino/

    ResponderExcluir

Deixe seu comentário, dúvidas e sugestões...

ARTIGOS