quinta-feira, 8 de novembro de 2018

Quem manda na sua agenda?

Muitas pessoas se sentem insatisfeitas com a própria vida, desacreditadas de si mesmas, não confiam que sejam capazes de realizar seus sonhos. Algumas delas até desistiram de sonhar.
Muitas pessoas se sentem insatisfeitas com a própria vida, desacreditadas de si mesmas, não confiam que sejam capazes de realizar seus sonhos. Algumas delas já até desistiram de sonhar.
Fonte da imagem: Google

É aquele tipo de pessoa que se um dia teve sonhos, nunca realizou nenhum e acha que nuca vai realizar mesmo. Ela acha que o problema é com ela que não consegue realizar o sonho ou que o problema é com o sonho que talvez seja grande demais e que talvez não era para ser.

Ou é aquele tipo de pessoa que está meio perdida, não sabe o que fazer, vai vivendo a vida de acordo com as circunstâncias, fazendo aquilo que ela acha os outros precisam, o que os pais precisam,  que o marido precisa, o  que os  filhos precisam. Isso acontece porque essa pessoa não manda na própria agenda, ela vive a agenda do outro que ela adotou para si. Assim, quem manda na agenda dela é o outro, não é ela. 


O que acontece sem planejamento, objetivos e metas. Ou é aquele tipo de pessoa que está meio perdida, não sabe o que fazer, vai vivendo a vida de acordo com as circunstâncias, fazendo aquilo que ela acha os outros precisam, o que os pais precisam,  que o marido precisa, o  que os  filhos precisam. Isso acontece porque essa pessoa não manda na própria agenda, ela vive a agenda do outro que ela adotou para si. Assim, quem manda na agenda dela é o outro, não é ela.
Fonte da imagem: Google
Dessa forma, essa pessoa não sabe o que quer, não tem uma agenda própria de sonhos, desejos e metas. Com isso, ela vai vivendo uma vida que é dos outros e que os outros escolheram e ela foi pegando as coisas das agendas dos outros e tomando para si.

Para mudar essa situação, é necessário começar a construir a própria agenda, começar a sonhar, desejar. 

Como fazer isso? 

É só pegar papel e lápis ou caneta e escrever livremente e depois, se você quiser, se você achar que precisa organizar melhor, aí  você passa a limpo. Escreva o que você quer e quando quer realizar. É muito importante investigar consigo e responder essas duas perguntas: 
1- O que eu quero? Quais sonhos quero realizar? 

2- Quando quero realizar?

 É muito importante investigar consigo e responder essas duas perguntas:    1- O que eu quero? Quais sonhos quero realizar?     2- Quando quero realizar?
Fonte da imagem: Google

Saber o que se quer é ter objetivo e você pode ter quantos você quiser. Ter definido quando quer realizar é ter meta. E se você puder colocar uma data específica é ainda melhor.


Depois disso, liste o que você precisa fazer para realizar esse sonho? Divida o sonho em partes menores. Se você conseguir, coloque em formato de passo a passo: primeiro tenho que fazer isso, depois aquilo… até você chegar no que é necessário para a realização desse sonho. Escolha a data que você quer ter esse sonho realizado, defina o ano, o mês e o dia no qual você já vai estar vivendo esse sonho. 

E se você tem muitos sonhos? Então, liste todos os sonhos e veja se alguns deles podem ser agrupados, ou por área, ou por tipo. Escolha um deles, o que vai te fazer infeliz se você desistir dele e faça esse exercício, depois, você pode fazer com cada um dos outros sonhos.

Feito o exercício, é importante buscar a realização de cada passo que você listou e que te levam para seu sonho. A partir disso, todo dia você pode olhar para seu sonho no papel e se perguntar: o que eu posso fazer hoje para realizar esse sonho?

Eu sempre trabalho esses aspectos com meus clientes de coaching. Foi interessante o que um cliente falou sobre como foi importante para ele ter um objetivo definido, o quanto isso ajudou ele a tomar decisões que o aproximaram da realização desse objetivo.

Ao saber o que se quer, ter objetivos e metas, é como tiro ao alvo, você precisa saber onde está o alvo para mirar nele. Se não, é tiro para todo lado! Então, se você quer mandar na sua agenda, se permita agir para realizar seus sonhos, pois, sonhos realizados nos faz sentir felicidade!

Clique no botão laranja e ouça o meu podcast sobre esse tema.



Abraço, Julini.

Julini Araujo Santos - Palestrante e Coach de felicidade

Psicóloga - UFBA  (CRP 03/06705) Whatsapp - Palestras
Sanitarista e Especialista em Saúde da Família pelo Programa de Residência Hólon/EBMSP/SESAB 
Especialista em Saúde Coletiva pelo Instituto de Saúde Coletiva - UFBA
Gestalt-terapêuta pelo Instituto de Gestalt-terapia da Bahia - IGTBa

*** Nos acompanhe nas redes sociais ***

            

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe seu comentário, dúvidas e sugestões...

ARTIGOS